:: APRESENTAÇÃO
 
»O modelo de escrita praticado na web e as formas de comunicação possíveis são sem dúvida diferentes de qualquer outro meio. Actualmente vivemos ainda um período de adaptação em que ainda “aprendemos” a comunicar na web. Este blog tem como objectivo abordar as questões relacionadas com as formas de comunicação e as novas tecnologias e modelos que vão surgindo e permitindo uma evolução e actualização da webcomunicação.
  :: MEMBROS
 
»João Simão
»Elsa Alves
»João Pedro Pereira
»Aleta Dreves
»Paulo Querido
  :: DESTAQUES
     
[MAR'07] II Jornadas Internacionais de Jornalismo, organizadas pelo Centro de Estudos da Comunicação da Universidade Fernando Pessoa e subordinadas ao tema genérico "Porquê Estudar o Jornalismo?".
» SAIBA MAIS AQUI
  :: ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
   
  :: ÚLTIMOS ARTIGOS
»Citizen Journalism: From Pamphlet to Blog
»RELAÇÃO ENTRE BLOGS E JORNALISMO
»SHIFT - Programa provisório
»Rede Social de leitores
»Jornalismo colaborativo
»Novo Blog PÚBLICO.PT
»Redes sociais e sociabilidade
»Revista transdisciplinar de comunicação, semiótica...
»PÚBLICO na rede Satellite Newspapers
»Revista científica na área da comunicação
 
  :: LINKS
 
 
  :: LIVROS
  :: ARQUIVOS
  » Abril 2006
» Maio 2006
» Junho 2006
» Julho 2006
» Agosto 2006
» Setembro 2006
» Outubro 2006
» Novembro 2006
 
  :: FERRAMENTAS

» RSS
» PODCAST

 

» Canais de RSS
» Canais de PODCAST
» Blogger
» Biblioteca de Artigos

on-line | visitantes

  :: E-MAIL
 
 

quarta-feira, setembro 06, 2006

Audiências medidas também on-line




O «New York Times» noticiou que o organismo responsável pela medição das audiências nos Estados Unidos, o Audit Bureau of Circulations, decidiu juntar os números da leitura dos jornais na Internet à audiência das vendas em banca.

Na primeira fase, estes novos dados de audiência – que resultam da soma do tráfego na Web com a leitura das edições em papel – vão ser disponibilizados apenas aos títulos especializados na área do negócio.

O sistema tem de ser afinado, para evitar que o mesmo leitor seja contabilizado duas vezes: uma por ter comprado a publicação na banca, outra por ter consultado o site da mesma na Internet. Embora essa dupla acção não deixe de, na realidade, contar como um índice de audiência real.

O certo é que estamos perante mais um sinal da importância crescente dos jornais e revistas na rede. Ao ponto destes já contarem para os níveis de audiência dos títulos. O que de resto já devia estar a acontecer há muito.

Miguel Martins
Editor de Multimédia do EXPRESSO

Trata-se de um começo que permite dar aos jornais on-line, quer sejam eles vinculados a publicações em papel ou não, marcar uma posição pela distinção do número de leitores.

É um passo importante para realçar o valor da informação on-line.


« voltar |


« voltar |

Links para este artigo

Criar uma hiperligação


« voltar
 
Alguns direitos reservados
» template by João Simão | simaocc on-line ©
simaocc on-line Blogger