:: APRESENTAÇÃO
 
»O modelo de escrita praticado na web e as formas de comunicação possíveis são sem dúvida diferentes de qualquer outro meio. Actualmente vivemos ainda um período de adaptação em que ainda “aprendemos” a comunicar na web. Este blog tem como objectivo abordar as questões relacionadas com as formas de comunicação e as novas tecnologias e modelos que vão surgindo e permitindo uma evolução e actualização da webcomunicação.
  :: MEMBROS
 
»João Simão
»Elsa Alves
»João Pedro Pereira
»Aleta Dreves
»Paulo Querido
  :: DESTAQUES
     
[MAR'07] II Jornadas Internacionais de Jornalismo, organizadas pelo Centro de Estudos da Comunicação da Universidade Fernando Pessoa e subordinadas ao tema genérico "Porquê Estudar o Jornalismo?".
» SAIBA MAIS AQUI
  :: ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
   
  :: ÚLTIMOS ARTIGOS
»Agência de Blogs
»Voltar a reviver o passado...
»Publicar video na web
»WEB 2.0
»Escola Virtual
»Redes Sociais [PARTE 1]
»Diferença entre o “mailto:” e o “formulário de e-m...
»Descarregar o WEBCOM e leva-lo consigo...
»Novo projecto do "El País"
»VII LUSOCOM
 
  :: LINKS
 
 
  :: LIVROS
  :: ARQUIVOS
  » Abril 2006
» Maio 2006
» Junho 2006
» Julho 2006
» Agosto 2006
» Setembro 2006
» Outubro 2006
» Novembro 2006
 
  :: FERRAMENTAS

» RSS
» PODCAST

 

» Canais de RSS
» Canais de PODCAST
» Blogger
» Biblioteca de Artigos

on-line | visitantes

  :: E-MAIL
 
 

quinta-feira, maio 04, 2006

AJAX - A linguagem da WEB 2.0




Certamente já usaram o gmail e o google calendar? Já viram o novo site da Microsoft [www.live.com]. O mais certo é a resposta ser sim.

Então já se depararam com a possibilidade de editar e de construir o site de forma a ficar o mais personalizado possivel. Por trás dessa pontencialidade está uma nova linguagem intulada de AJAX, o nome vem de uma "mistura" de JavaScript com XML.

Deixo-vos um texto extenso mas completo sobre este nova linguagem:

»Ajax cria a nova geração de aplicativos online

Atende pelo nome de Ajax o que promete ser uma das próximas revoluções da Internet. Trata-se de um conjunto de tecnologias que está sendo utilizado para o desenvolvimento de uma nova geração de aplicativos totalmente baseados na Web. Considere, por exemplo, um editor de textos que dispensa a instalação e pode ser acessado a partir de qualquer computador conectado à Internet.

O recurso não chega a ser uma novidade: alguns de seus componentes - uma sopa de letrinhas que preferimos deixar para o final - já eram compatíveis com o Internet Explorer 4 (a sétima versão do navegador está saindo do forno). Mas os desenvolvedores começaram a olhar com mais carinho para o Ajax desde que o Google lançou o seu moderno sistema de webmail, o Gmail.

A Microsoft também passou a apostar em Ajax: desenvolveu, discretamente, um site com conteúdo que pode ser facilmente personalizado pelo usuário, no endereço www.start.com. Mas são empresas pequenas e desconhecidas - por enquanto - que estão criando os projetos mais interessantes, e mostrando o potencial das aplicações online baseadas em Ajax.

"É um espaço que grita por inovação", disse o presidente da Zimbra, Scott Dietzen, em uma extensa reportagem do portal de tecnologia cNet. A empresa iniciante desenvolve e oferece aplicativos de colaboração em Ajax para o mercado corporativo. "Sem Ajax, não poderímos criar uma experência boa o suficiente para o usuário", declarou Seth Sternberg, co-fundador do Meebo, um serviço online que permite entrar em até quatro sistemas de mensagens instantâneas sem sair do navegador.

Além do Meebo, os internautas encontram, gratuitamente, editores de texto, planilhas de cálculo, agendas, leitores de RSS e outros aplicativos totalmente baseados na Web. A maioria oferece recursos como arrastar e soltar janelas, e salvar documentos, tal como um software instalado no computador. Os serviços dispensariam a instalação de programmas pesados como o Office, da Microsoft, e tornariam possível a adoção dos thin clients, computadores mais enxutos - e baratos - para seram utilizados em redes corporativas.

A sopa de letrinhas

Ajax, na verdade, é a sigla de "Asynchronous Javascript and XML" (algo como "Javascript e XML assíncronos"). Javascript é uma linguagem de programação básica, baseada em Java, capaz de criar pequenos aplicativos para serem rodados no navegador. Extensible Markup Language (XML), em uma descrição leiga, é uma linguagem para formatar dados de forma que eles possam ser lidos por qualquer software. Os "feeds" de notícias em RSS são baseados em XML, por exemplo.

Mas o Ajax não fica somente nesses dois componentes. Também incorpora elementos e variações como:

  • XHTML (Extensible HTML);
  • CSS (Cascade Style Sheets);
  • Document Object Model;
  • XSLT (Extensible Style Sheet Language Transformation);
  • XMLHttpRequest


« voltar |

Ae kra.....vou add um link pra esse post no meu blog flw???.....http://www.hyperorgan.blogspot.com

Enviar um comentário

« voltar |

Links para este artigo

Criar uma hiperligação


« voltar
 
Alguns direitos reservados
» template by João Simão | simaocc on-line ©
simaocc on-line Blogger